Esportes

Justiça determina que Flamengo deposite valores “em aberto” da compra de Arrascaeta

Empresa Supermercados BH conseguiu liminar em ação cível movida contra o Cruzeiro, na qual alega ter direito a 25% da transferência.

Por Redação Tupi

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

A briga envolvendo a venda de Arrascaeta para o Flamengo ganhou um novo capítulo. A juíza Soraya Hassan Baz Láuar, da 1ª Vara Civel da Comarca de Belo Horizonte, concedeu uma liminar em favor do Supermercados BH, determinando que o Rubro-negro deposite em juízo o valor restante da compra do jogador.

A decisão, que cabe recurso, foi publicada na última sexta-feira, e a Raposa foi notificada nessa segunda-feira. No documento, a juíza não julgou o mérito da ação, mas entendeu que havia perigo de dano ao direito do Supermercados BH, e deferiu o pedido de liminar requerido. O momento conturbado a qual o clube celeste atravessa nos últimos meses, principalmente em função das denúncias de corrupção envolvendo a atual diretoria, foi usada como argumento pela julgadora para conceder a liminar.

A magistrada também decretou que Cruzeiro e Flamengo apresentem as documentações relativas as transações envolvendo o jogador uruguaio. Diante do interesse do Supermercados BH, a juiza determinou a realização de uma audiência de conciliação, em data a ser marcada.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Janeiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »