Internacional

Condenado pela morte do pai de Michael Jordan terá liberdade condicional em 2023

James Jornam foi morto, em 23 de julho de 1993, enquanto dormia, no próprio carro, em uma rodovia em Luberton, na Carolina do Norte

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

Um dos assassinos de James Jordan, pai do ex-jogador de basquete Michael Jordan, conseguiu liberdade condicional. As informações foram confirmadas em um comunicado divulgado, nesta terça-feira (28), pela Comissão de Supervisão Pós-Liberação da Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

Larry Demery obteve direito de liberdade condicional poe meio do “Mutual Agreement Parole Program” (Programa de Liberdade Condicional de Acordo Mútuo), um programa escolar vocacional. A data da liberdade condicional de Demery foi marcada para 6 de agosto de 2023.

James Jornam foi morto em 23 de julho de 1993 enquanto dormia, no próprio carro, em uma rodovia em Luberton, na Carolina do Norte. O carro em que James dirigia foi um presente dado pelo filho. Ele saiu da estrada para tirar uma soneca, naquela noite.

Um representante de Michael Jordan afirmou não ter comentárias sobre o assunto no momento.


Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
03:00 - Show do Mário Belisário
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
08:00 - Programa Roberto Canazio
06:00 - Fala Garotinho
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »