Brasil

Ministro Alexandre de Moraes determina que PF marque depoimento de Bolsonaro em até 30 dias

Após ser denunciado por Sérgio Moro, presidente é investigado no inquérito que apura uma suposta interferência política na Polícia Federal

Por Redação Tupi

(Foto: Talita Giudice/Super Rádio Tupi)

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quinta-feira (7) que o presidente Jair Bolsonaro preste depoimento presencialmente na Polícia Federal, em até 30 dias, sobre o inquérito que apura uma suposta interferência política na corporação.  A investigação foi aberta após denúncias do ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, em abril do ano passado, de que o presidente cobrava relatórios sigilosos e tentava trocar o comando da PF por interesses pessoais.

Na quarta-feira (6), a Advocacia-geral da União (AGU) já tinha informado que Bolsonaro estaria disposto a prestar o depoimento sobre o caso presencialmente, desde que o presidente pudesse escolher o local e data do depoimento na Polícia Federal.

O despacho do ministro Alexandre de Moraes, porém, não confere essa faculdade. Apenas limita-se a determinar a oitiva em até 30 dias, “mediante comparecimento pessoal e prévio ajuste de local, dia e hora”.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »