Patrulhando a Cidade

Governador diz que se algum policial errou na Morte de lutador de São Gonçalo, vai ser punido

Familiares de Vitor acusam os policiais de o matarem. Por sua vez, a corporação diz que os agentes foram atacados durante um patrulhamento

Por Marcos Antonio de Jesus

Imagem do Governador Cláudio Castro
(Foto: Marcos Antonio de Jesus / Super Rádio Tupi)

O governador do Rio, Cláudio Castro, afirmou que a Polícia Civil vai apurar se os policiais militares que estavam no local erraram na ação que vitimou o lutador de boxe e Muay Thai, Vitor Reis de Amorim, de 19 anos no bar do bairro Patronato, em São Gonçalo. Ele disse que, “se algum policial errou, será exemplarmente punido”.

Familiares de Vitor acusam os policiais de o matarem. Por sua vez, a corporação diz que os agentes foram atacados durante um patrulhamento. A família nega a troca de tiros.

A Corregedoria Interna da PM abriu um inquérito para apurar o que aconteceu. “Eu não comento investigação. Essa é a polícia que mais pune quem não faz bem feito e que erra. Se errou, será punido. Mas eu nunca condeno antes do devido processo legal. Minha postura será essa. Sou favorável à polícia. Mas não pode cometer excesso. Se errou, será exemplarmente punido. Se não errou, não terá condenação antecipada”, disse o governador na manhã desta quarta-feira, no Palácio Guanabara, em Laranjeiras.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »