Patrulhando a Cidade

Suspeito por sacar indevidamente o Fundo de Garantia de outra pessoa é preso

Homem utilizou documentos falsos para cometer o crime

Por Camila Moraes

(Divulgação: Polícia Civil)

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta sexta-feira, Sérgio Grupillo Junior, acusado de obter vantagem ilícita em detrimento da Caixa Econômica Federal, através de saques indevidos do FGTS da vítima, utilizando documentos falsos, totalizando prejuízo de mais de R$ 33 mil.

Segundo os policiais da 32ª DP (Taquara), o acusado já havia sido preso em 2008, na Operação Ancião da Polícia Federal, por envolvimento em um esquema de fraudes que causou prejuízo de cerca de R$ 1 milhão à Caixa Econômica Federal (CEF) no Rio de Janeiro. Os golpes consistiam em usar laranjas para sacar o saldo do Programa de Integração Social (PIS) de beneficiários com mais de 70 anos, usando documentos falsificados por ele  e sua quadrilha.

O mandado de prisão condenatória, expedido pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, pelo crime de estelionato, foi cumprido pelos agentes após diligências à Rua Cabo Geraldo Calderaro, na Freguesia, zona Oeste do Rio.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
01 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »
-->