Conecte-se conosco

Política

Castro enviará projeto à Alerj na terça-feira sobre recriação da Secretaria de segurança Pública

Governador conhecia Victor César Carvalho desde 2013

Publicado

em

(Foto: Marcos Antonio de Jesus / Super Rádio Tupi)

O governador Cláudio Castro disse, nesta sexta-feira, que não há nenhuma inconstitucionalidade na recriação da Secretaria de Segurança Pública, conforme alega a Associação de Delegados do Brasil (Adepol) que entrou com ação no Supremo Tribunal Federal. A Adepol alega que a recriação da Secretaria não foi apreciada pela Assembléia Legislativa do Rio.

“Respeitamos a posição deles, mas é muito simples. Terça-feira estou mandando a mensagem para a Assembléia. A inconstitucionalidade só poderia existir se eu criasse por decreto ou por lei. Na verdade, o procedimento do governo hoje desde a decisão do Tribunal de Justiça, este ano, é criar por decreto para que o efeito seja de imediato e mandar o Projeto de Lei para a Alerj, como eu já fiz organizando toda a estrutura de governo. Aquelas outras ações anteriores já morreram”, afirmou Castro.

O governador também comentou que a escolha de Victor César Carvalho dos Santos para a nova pasta é sua, negando que tenha havido influência da família Bolsonaro na nomeação. Claúdio Castro disse que conhece o delegado desde a Jornada Mundial da Juventude, em 2013, quando este estava fazendo a segurança do papa.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *