Capital Fluminense

Cristo Redentor pode ser desapropriado por interesse religioso

Projeto determina ainda que a Arquidiocese do Rio de Janeiro poderá, quando houver necessidade é legitimidade de interesse, efetuar convênios para a gestão da área

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Cyro Neves / Super Rádio Tupi)

A disputa entre a Arquidiocese do Rio e o Instituto Chico Mendes (ICMBio) pelo acesso ao Cristo Redentor, vem trazendo enorme transtorno para os usuários. Por conta disso, o deputado estadual Dionísio Lins, líder (Progressista) na Assembleia Legislativa, apresentou projeto de lei que autoriza o poder executivo a desapropriar por interesse religioso, o terreno onde fica localizado o Cristo Redentor.

De acordo com o parlamentar, o local ficará exclusivamente a cargo do governo do estado, podendo ainda a Secretaria Estadual de Turismo colaborar na organização do local. “Toda essa discussão entorno de quem manda no local vem trazendo prejuízo não só aos cariocas, como também aos milhares turistas que visitam diariamente o local. Nossa finalidade é a de resguardar a área para que os atos litúrgicos de todas as religiões sejam mantidos” explicou o parlamentar.

O projeto determina ainda que a Arquidiocese do Rio de Janeiro poderá, quando houver necessidade é legitimidade de interesse, efetuar convênios para a gestão da área.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »