Política

Prefeito de São Paulo dá ultimato: ‘Ou eu ou Aécio Neves no partido’

Bruno Covas fez as declarações enquanto acompanhava o governador de São Paulo em exercício, Rodrigo Garcia (DEM), em uma entrega de trens da CPTM no bairro do Brás, na manhã desta quarta-feira

Por Redação Tupi

Bruno Covas fez as declarações enquanto acompanhava o governador de São Paulo em exercício, Rodrigo Garcia (DEM), em uma entrega de trens da CPTM no bairro do Brás, na manhã desta quarta-feira
(Foto: Reprodução)

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), defendeu novamente, na manhã desta quarta-feira, a expulsão do deputado federal Aécio Neves (PSDB) dos quadros do partido. Covas comentou ainda acerca da ameaça do diretório mineiro do PSDB de fazer retaliação aos tucanos paulistas que estão defendendo o desligamento forçado de Aécio.

“Primeiro, já me manifestei diversas vezes no sentido da expulsão do deputado Aécio Neves do partido. Recentemente, o diretório municipal aqui da capital também enviou ofício à direção nacional do partido solicitando que fosse aberto um processo dentro do conselho de ética do PSDB. E, se o diretório do PSDB de Belo Horizonte quer a minha expulsão, essa é uma boa decisão então que fica agora para o PSDB nacional. Ou eu ou Aécio Neves no partido”, afirmou o prefeito.

Bruno Covas fez as declarações enquanto acompanhava o governador de São Paulo em exercício, Rodrigo Garcia (DEM), em uma entrega de trens da CPTM no bairro do Brás, na manhã desta quarta-feira. Ele finalizou ainda frisando: “É um ou outro. É incompatível”.

Comentários
enquete

Para conseguir um cargo melhor, o chefe deve valorizar o trabalho ou o 'puxasaquismo'?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »