Política

Sérgio Cabral é denunciado pela 30ª vez na Lava Jato

Nova acusação do MPF é referente a sonegação de R$ 10,4 milhões em imposto de renda

Por Redação Tupi

Nova acusação é referente a sonegação de R$ 10,4 milhões em imposto de renda
(Foto: Reprodução)

O Ministério Público Federal (MPF), denunciou nesta quarta-feira, pela trigésima vez, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB).  A nova acusação, ligada as investigações da Operação Lava Jato no estado, envolve a sonegação de R$ 10,4 milhões em imposto de renda. Cabral teria omitido e declarado falsas informações às autoridades da Receita Federal, relativa aos anos calendários de 2013, 2014 e 2015.

Segundo o texto da denúncia, “Cabral liderou uma organização criminosa e recebeu, por um longo período, considerável montante de dinheiro ilícito, em espécie, advindo de diversas fontes de sua atuação criminosa”.

O advogado do político, por meio de comunicado, rebateu as acusações da MPF: “O ex-governador Sérgio Cabral já respondeu sobre esses mesmos fatos nas inúmeras ações penais ajuizadas. A multiplicidade de denúncias viola princípios básicos do processo penal e a Constituição, além de comprometer a exata dimensão do ocorrido”.

Comentários
enquete

Para conseguir um cargo melhor, o chefe deve valorizar o trabalho ou o 'puxasaquismo'?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »