Rio

Casa que acolhe mulheres vítimas de violência pode ganhar ampliação para todo o estado

Local foi inaugurado inicialmente em Miguel Pereira, mas pode ganhar expansão para outros municípios fluminenses

Por Redação Tupi

Na imagem, frente da Casa do Direito da Mulher
Casa que acolhe mulheres vítimas de violência pode ganhar ampliação para todo o estado (Divulgação: Manchete Jornal)

A Casa do Direito da Mulher Daniella Perez, inaugurada em Miguel Pereira, pode ser instalada em todo o estado fluminense. O deputado estadual Bruno Dauaire (PSC-RJ) propôs o projeto de lei na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), para que seja implementada em todas as cidades do estado. A medida ainda será votada em plenário.

Intitulada em homenagem à filha da autora e escritora Glória Perez, assassinada em 1992, o local presta atendimento à mulher em situação de violência, com o objetivo maior de melhorar a autoestima dessas vítimas. Além de acolher, a Casa conta com atendimento multidisciplinar, incluindo apoio psicológico, jurídico e cursos de qualificação.

“A padronização do atendimento especializado a mulheres vítimas de violência em todo o território estadual será um marco para o avanço das medidas protetivas. A instalação dessas unidades é urgente, já que completamos 15 anos da Lei Maria da Penha com agravamento de registros de abusos no período da pandemia”, contou Bruno Dauaire.

Em junho, na véspera da inauguração da primeira unidade, Glória Perez festejou a homenagem e pediu a ampliação do projeto. “Emocionei com a escolha do nome da Dany para essa casa. Que venham muitas outras. É um belo projeto”, escreveu em rede social.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »