Política

Flávio Bolsonaro chama Witzel de ‘traidor’ após acusações

Senador alertou que tsunami está por vir

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) rebateu, nesta terça-feira, as declarações do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ). No início da tarde de hoje, Witzel disse que Flávio “deveria ser preso”. Já o senador, filho do presidente Jair Bolsonaro, chamou Witzel de traidor e disse que as suspeitas de fraude na saúde do estado não são nada perto do “tsunami” que está por vir.

“Jamais ia imaginar que você ia ser mais um dos traidores que seriam derrubados um a um”, disse Flávio em transmissão ao vivo no Instagram. “Você traiu todo mundo, Witzel. E vai precisar de tempo para se defender. Pelo que tenho ouvido, isso não é nada perto do tsunami que está por vir”, completou.

“Falam que você começou numa velocidade… O Rio de Janeiro quebrado e você foi lá, ‘raspar o osso’. Não tenho informação de bastidor, é assunto de botequim. Acho que sua estratégia talvez seja essa: fingir que é maluco para não ir para Bangu 8”, finalizou o senador.

A Polícia Federal cumpriu, na manhã de hoje, mandados de busca e apreensão no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador fluminense, e em um endereço ligado a sua esposa.

 

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »