Política

Fundo de Combate à Pobreza é prorrogado por mais quatro anos

Apenas neste ano, a medida deve arrecadar uma quantia de 4,3 bilhões de reais

Por Redação Tupi

(Foto: Marcello Casal/Arquivo/Agência Brasil)

O Fundo Estadual de Combate à Pobreza (FECP), cuja validade ia até o fim deste ano, vai ser prorrogado até 2023, quando deve terminar o Regime de recuperação Fiscal.

A lei determina a cobrança de dois pontos percentuais no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos maiores consumidores de energia elétrica, com gasto a cima de 450 quilowatts/hora mensais.

O governador Wilson Witzel afirmou como justificativa para o projeto que a garantia das receitas oriundas do fundo é imprescindível para o equilíbrio fiscal estimado no Plano de Recuperação Fiscal, que prevê a retomada do crescimento econômico. Apenas neste ano, o FECP deve arrecadar uma quantia de R$ 4,3 bilhões.

O texto, votado pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) em novembro, foi sancionado por Witzel, nesta quinta-feira (05/12), e publicado no Diário Oficial.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »