Conecte-se conosco

Justiça

Justiça expede alvará de soltura para juiz preso por importunação sexual

A defesa de Jorge Jansen afirmou que ele precisa fazer tratamento contra alcoolismo

Publicado

em

O Tribunal de Justiça do Rio revogou a prisão preventiva do juiz aposentado Jorge Jansen acusado de importunar sexualmente uma mulher na praia de Copacabana.

No pedido enviado ao TJ, a defesa de Jorge Jansen afirmou que ele está se recuperando de uma cirurgia na coluna para a reparação de uma vértebra fraturada por comprometimento da medula.

Outro argumento acatado foi que ele precisa fazer tratamento contra alcoolismo.

O alvará de soltura ainda não foi expedido, mas Jorge Jansen, deve sair nas próximas horas da unidade prisional.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.