Rio

Linha Amarela deve ficar sem cobrança de pedágio por mais de um mês

Ouça a entrevista do presidente da concessionária Eduardo Dantas

Por Redação Tupi

Lamsa. Foto: Reprodução Internet

O presidente da Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela, Eduardo Dantas, admitiu que a empresa deve ficar por mais de 30 dias sem cobrar pedágio na via em razão dos danos causados pela Prefeitura do Rio. Apesar disso, Dantas garantiu que serviços como mecânico, reboque, assistência médica e a manutenção da via, foram restabelecidos por volta das 5h30 desta segunda-feira, quando a concessionária conseguiu uma liminar da Justiça suspendendo a intervenção da prefeitura. Ouça a entrevista completa no áudio acima!

Apesar de considerar prematuro, Eduardo Dantas acredita que a reconstrução da praça do pedágio deve durar cerca de um mês:

“Ainda vamos avaliar o impacto dos danos. E isso vai levar algum tempo. Vamos fazer toda a recuperação possível. Obviamente que o dano, o valor financeiro impactado, nós vamos cobrar do poder concedente, da prefeitura. Ainda é muito preliminar afirmar quando o serviço será restabelecido. Vamos fazer uma avaliação detalhada, mas acredito que essa situação vai durar um pouco mais de um mês”, explica Dantas.

A prefeitura ainda não se pronunciou após a liminar concedida em favor da Lamsa.

previous arrow
next arrow
Slider
recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »