Rio

Ministério Público Federal pede reparação às vítimas de ataques a terreiros na Baixada Fluminense

Foco está em municípios da Baixada Fluminense

Por Redação Tupi

(Foto/Divulgação Colecionador de Sacis)

O Ministério Público Federal (MPF) expediu duas recomendações a órgãos municipais, estaduais e federais para que sejam adotadas medidas de reparação às vítimas de atos de intolerância e violência religiosa nos municípios de Duque de Caxias e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A recomendação foi encaminhada à Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (União), à Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro e às Prefeituras de Duque de Caxias e Nova Iguaçu.

Segundo os documentos, o órgão sugeriu que a Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial estipule, em até 60 dias, políticas de reparação às lideranças religiosas que sofreram ataques e ameaças e, ressalta a necessidade do estabelecimento de compensações pelos danos sofridos e formas simbólicas de reparação.

Em relação à Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, foi recomendada a implementação de projetos que ainda não saíram do papel, que tratem da assistência e do atendimento às vítimas de intolerância e violência religiosa, com foco especial para a Baixada Fluminense, nos Municípios de Duque de Caxias e Nova Iguaçu.

O MPF propôs a criação de espaços de valorização e debate acerca da pluralidade religiosa, por meio de realização de eventos e discussões em áreas centrais da cidade, além do estabelecimento de medidas de memória do culto religioso de matriz africana.

Comentários
enquete

Quem você acha que é o favorito para levar o título da Supercopa do Brasil?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »