Rio

Operação mira exploração ilegal da venda de botijão de gás em Curicica

Agentes foram apurar denúncias de que um grupo criminoso está intimidando comerciantes

Por Redação Tupi

Fotos: Divulgação

Policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), com apoio de agentes da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), deflagrou, nesta quarta-feira (17/06), a primeira fase da operação Estanque. A ação tem como objetivo apurar a exploração, em atividade de monopólio, da venda de botijões de gás de cozinha na região da Curicica, Zona Oestem área de domínio de dois milicianos que já foram presos pela Polícia Civil.

De acordo com informações da especializada, os agentes foram apurar denúncias de que um grupo criminoso está intimidando comerciantes, exigindo que adquiram os produtos da empresa monopolista da venda de botijões de gás na localidade, sob pena sofrer as sanções impostas.

O relatório da Unidade de Inteligência Financeira apontou que uma pessoa considerada funcionária movimentou cerca de R$ 2 milhões em nome da empresa, gerando indícios de lavagem de dinheiro. Também foi constatado que essa pessoa reside em local inferior e incompatível com a movimentação financeira.

O suposto gerente do depósito de gás reside em um apartamento de luxo em área nobre na Barra da Tijuca, avaliado em R$ 4 milhões, não compatível com a função exercida.

Durante a ação, foram apreendidos computadores, telefones, documentos, planilhas e aproximadamente R$ 40 mil em espécie. Os agentes também estão cumprindo três mandados de busca e apreensão em endereços dos sócios, além da fiscalização na sede da empresa.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »