Rio

Procon – RJ exige esclarecimentos da Uber após mudanças na plataforma

Motoristas poderão visualizar o valor e o destino final da corrida antes de aceitar, o que pode gerar um aumento no tempo de espera dos passageiros

Por Redação Tupi

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

O Procon Carioca, que é vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania, enviou uma notificação para que a Uber preste esclarecimentos sobre o anúncio de mudanças na plataforma, que possibilitam que os motoristas tenham conhecimento do destino e valor da corrida antes de aceitar a mesma. Dessa forma, os motoristas podem decidir se aceitam ou não uma viagem com base no destino final e o valor da corrida.

Os técnicos do Procon Carioca relatam que a realização de tal prática poderá ocasionar, especialmente no município do Rio de Janeiro, um incremento no tempo de espera do consumidor e na não aceitação das corridas, já que a estimativa gerada pelo aplicativo leva em consideração a existência de carros próximos ao consumidor. Dessa forma, havendo a possibilidade do motorista recusar a corrida, em função da distância e do valor, os carros que estão próximos nem sempre atenderão aos consumidores.

Com base nisso, o instituto pediu esclarecimentos ao Uber, que deve justificar se as alterações noticiadas pela imprensa já estão em funcionamento na plataforma; se quando há espera do passageiro além do tempo estimado pelo aplicativo, a empresa adotará alguma providência para mitigar eventuais danos aos consumidores e, caso sim, em quanto tempo essa medida é tomada.

Além dessas justificativas, a Uber deve informar se tem buscado mecanismos para minimizar  um eventual aumento no número de não aceitação da corrida em razão do destino do passageiro, quais as medidas adotadas para minimizar eventual indisponibilidade de carros nos locais em que os motoristas não aceitarem as corridas e se existe algum plano para diminuir a taxa de não aceitação das corridas.

Para o diretor executivo do Procon Carioca, Igor Costa, essa conduta visa proteger e defender os direitos dos consumidores.

“As recentes alterações na plataforma do Uber podem causar lesões aos direitos dos consumidores, o que não pode acontecer. Vale ressaltar que existindo a possibilidade de fornecimento, o serviço não pode ser recusado sem justa causa pelo fornecedor, que se dispôs a enfrentar os riscos da atividade negocial no mercado de consumo”, afirma Igor.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »