Conecte-se conosco

Política

Salão Carioca do Livro pode virar Patrimônio Cultural do Estado

A medida prevê que o Governo do Estado poderá celebrar convênios e firmar parcerias junto ao Poder Executivo municipal para estimular as ações culturais e artísticas

Publicado

em

Salão Carioca do Livro pode virar Patrimônio do Estado
Salão Carioca do Livro pode virar Patrimônio do Estado. (Foto: Reprodução)

A LER – Salão Carioca do Livro – poderá ser declarado Patrimônio Imaterial Cultural do Estado do Rio de Janeiro. A medida busca firmar parcerias para alavancar o evento e aumentar o consumo da leitura no estado.

O Projeto de Lei 5.806/22 é de autoria do deputado André Ceciliano (PT), presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A proposta foi aprovada pelo plenário, em discussão única, nesta quinta-feira (19). O texto segue para o governador Cláudio Castro, que tem até 15 dias úteis para sancioná-lo ou vetá-lo.

A medida prevê que o Governo do Estado poderá celebrar convênios e firmar parcerias junto ao Poder Executivo municipal para estimular as ações culturais e artísticas promovidas pela LER.“A LER em seu escopo de promoção à cultura, leitura e arte merece o reconhecimento desta casa de leis, com a aprovação do presente projeto de lei declarando-a como patrimônio histórico e cultural, imaterial do nosso estado”, afirmou Ceciliano.

Do dia 9 ao dia 15 de maio, ocorreu a 4º edição do Festival do Leitor, organizado pelo Salão Carioca do Livro. O evento reuniu autores, livrarias, editoras, além de acrescentar exposições, tecnologia, música e oficinas, com o objetivo de levar a leitura aos visitantes.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.