Sentinelas da Tupi

ALERJ aprova criação de programa de combate à violência contra a mulher

Projeto estabelece que a mulher em situação de violência diga “sinal vermelho” ou sinalize o pedido de ajuda mostrando a mão com uma marca na forma de um “X”

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou em discussão única o Projeto de Lei 3.457/20, de autoria da deputada Mônica Francisco (PSol), que institui o Programa de Cooperação e o Código Sinal Vermelho.

A medida estabelece que a mulher em situação de violência diga “sinal vermelho” ou sinalize o pedido de ajuda mostrando a mão com uma marca na forma de um “X”.

Ainda de acordo com o texto, o atendente de estabelecimentos deverá coletar o nome da vítima, o endereço ou telefone, e ligar para o número 190 (Polícia Militar).

A norma valerá para farmácias, repartições públicas e instituições privadas, tais como portarias de condomínios, hotéis, pousadas, bares, restaurantes, lojas comerciais, administração de shopping center e supermercados, que aderirem ao programa.

O governador em exercício, Cláudio Castro, tem 15 dias úteis para sancionar o projeto.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Fevereiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Baú da Tupi
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
03:00 - Domingo Show
12:00 - Bola em Jogo
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »