Brasil

Decreto de Bolsonaro libera classe executiva para ministros em voos longos

Determinação vale quando a duração do voo internacional for superior a sete horas

Por Redação Tupi

Bolsonaro em discurso no Palácio do Planalto
(Foto: Reprodução/YouTube)

O presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que libera voos na classe executiva para ministros do governo federal, servidores que estejam substituindo ou representando autoridades e servidores ocupantes de cargo em comissão ou de função de confiança de nível.

De acordo com o decreto, a passagem aérea poderá ser emitida na classe executiva quando o voo internacional durar mais de sete horas.

O objetivo do governo, com a edição do decreto, é “mitigar o risco de restrições físicas e de impactos em saúde dos agentes públicos”. Afirmou ainda que o voo na classe executiva atenua “eventuais efeitos colaterais em face de déficit de ergonomia” que os ministros e servidores encontrariam na classe econômica. Ainda de acordo com o governo, a medida evita que as autoridades tenham “suas capacidades laborativas afetadas”.

O atual decreto, assinado por Bolsonaro vai à contramão do assinado pelo ex-presidente Michel Temer, em 2018. Na época, Temer determinou que passagem aérea para ministros e servidores deveriam ser compradas sempre na classe econômica. E que, caso autoridade quisesse ir para a classe executiva, deveria pagar a diferença do próprio bolso.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »