Rio

Flamenguista que matou botafoguense com espeto de churrasco pega 19 anos de prisão

Rogério agrediu Diego com chutes, socos, golpes de porrete e ainda perfurou a vítima várias vezes com um espeto de churrasco

Rogério Silva Guinard, um dos integrantes da Torcida Jovem do Flamengo, foi preso na Ilha do Governador. (Foto: Reprodução / TV Globo)

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) condenou o torcedor flamenguista Rogério Silva Guinard, integrante da organizada “Jovem Fla”, a 19 anos de prisão, em regime fechado. Ele participou do assassinato do torcedor do Botafogo, Diego Silva dos Santos, da Fúria Jovem, durante um confronto entre torcidas em dezembro de 2017 no Engenho de Dentro, Zona Norte. Rogério agrediu Diego com chutes, socos, golpes de porrete e ainda perfurou a vítima várias vezes com um espeto de churrasco. O botafoguense chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier.

Rogério também foi condenado a outros sete anos e seis meses de reclusão por associação criminosa. A sentença foi anunciada pela juíza Elizabeth Louro, presidente do 2º Tribunal do Júri da Capital, na madrugada desta quarta-feira (27). Outro acusado de participar da briga, Herbert Vinicius Sabino de Paula, foi absolvido do crime de homicídio, mas foi condenado por associação criminosa.

Um terceiro acusado de participar do crime, também integrante da torcida Jovem Fla, Vitor Portêncio da Silva, que também seria julgado ontem, teve o júri adiado porque os advogados não compareceram. Ele agora terá sua defesa feita pela Defensoria Pública enquanto aguarda a marcação de nova data para o julgamento.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »