Política

Hospitais podem divulgar na internet informações de desaparecidos

Projeto de lei será votado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (28)

Por Redação Tupi

Emergência do Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra
(Foto: Tatiana Campbell / Super Rádio Tupi)

Os hospitais públicos e privados podem ter de disponibilizar online informações dos pacientes que chegarem em estado inconsciente, sem documentos e desacompanhados. É o que propõe o projeto de lei de autoria das deputadas Lucinha (PSDB) e Martha Rocha (PDT), que será votado, em segunda discussão, pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quinta-feira (28).

Segundo a proposta, o hospital deverá inserir informações como data de entrada do paciente, idade aparente, cor da pele e do cabelo e altura, além de traços característicos, como tatuagem ou cicatriz. No entanto, não poderão ser disponibilizadas fotos do paciente, para preservar a imagem e a identidade do mesmo.

Ainda de acordo com o PL, no cadastro também haverá o nome, telefone e e-mail de contato do serviço social da instituição de saúde para facilitar a localização dos familiares.

Por já ter recebido emendas parlamentares, o texto poderá ser modificado durante a votação.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Dezembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »