Jornalismo

Nos EUA, Mourão dispara: ‘Geisel não foi eleito, eu fui’

Declaração do vice-presidente ocorreu quando questionado sobre as Forças Armadas na política brasileira

(Foto: Reprodução)

Em viagem ao Estados Unidos, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) declarou, neste domingo, acerca da diferença entre a participação das Forças Armadas na política brasileira, atualmente e durante o regime militar. Para Mourão, a diferença entre ele e Ernesto Geisel, por exemplo, está no voto: “O Geisel não foi eleito, eu fui”.

Mourão fez a declaração durante o seu discurso na Brazil Conference, realizada na cidade de Cambridge, e que reúne estudantes brasileiros da universidade de Haward e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Entre os outros palestrantes estavam nomes como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC) e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli.

A afirmação foi uma resposta de Mourão, quando indagado pelo estudante de doutorado de Harvard Fernando Bizarro, se os militares não haviam aprendido com o General Ernesto Geisel, que não era tarefa das Forças Armadas governar o país.

Após a resposta, Mourão foi bastante aplaudido. Porém , um jovem manifestante protestou aos gritos de  “ditadura nunca mais!”. Os seguranças do evento agiram rapidamente, retirando o manifestante do auditório.

Depois da confusão, Mourão prosseguiu em sua fala, afirmando que: “As Forças Armadas não estão no poder. As Forças Armadas continuam com a sua missão constitucional, cada uma com seu comandante”.

recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »