Capital Fluminense

Taxista é assassinado por se recusar a pagar taxa de R$ 70 a suspeito de integrar milícia da Zona Norte

Herivelton Figueiredo da Silva, de 47 anos trabalhava num ponto na Rua Carolina Machado

Por Marcelo Silva

Taxista é assassinado por se recusar a pagar taxa de R$ 70 a suspeito de integrar milícia
(Taxista é assassinado por se recusar a pagar taxa de R$ 70 a suspeito de integrar milícia /Reprodução Portal dos Procurados)

A Polícia Civil identificou e procura o homem suspeito de matar o taxista Herivelton Figueiredo da Silva, de 47 anos, no bairro do Campinho, Zona Norte do Rio.

De acordo com a investigação da Delegacia de Homicídios, o crime aconteceu em fevereiro deste ano. Segundo as investigações, o autor do crime foi identificado como Carlos Alberto Marinho de Almeida, conhecido como Camundongo.

Carlos Alberto se apresentava como dono de um ponto clandestino na Rua Carolina Machado e cobrava R$ 70 por semana  dos taxistas que trabalhavam na região. Segundo a Polícia Civil, o acusado é considerado foragido.

O taxista foi morto justamente no ponto em que trabalhava, por achar a taxa cobrada por Carlos Alberto abusiva e por tentar convencer outros motoristas de táxi a não pagarem.

Quem tiver informações que levem à prisão de Carlos Alberto deve entrar em contato com Disque Denúncia pelo telefone 2253-1177.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »