Economia

Metrô Rio é autorizado a fazer captação no mercado financeiro

Ao menos 900 mil passageiros transportados diariamente vão ser beneficiados.

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

O Ministério do Desenvolvimento Regional autorizou o Metro Rio a captar recursos no mercado financeiro por meio de debêntures. A portaria que aprovou o projeto apresentado pela empresa como prioritário foi publicada no Diário Oficial da União, nesta quinta-feira. Podem ser investidos pela iniciativa privada até R$ 1,2 bilhão.

Segundo o governo, ao menos 900 mil passageiros transportados diariamente vão ser beneficiados. As ações preveem obras para adequação de espaços de circulação, além de obras de arte especiais (como viadutos, elevados etc.), vias permanentes, incluindo trilhos e material de segurança dos trens, material rodante, sistemas operacionais, tecnologia da informação e bilhetagem eletrônica, entre outros.

No mercado financeiro, essa modalidade é conhecida como debêntures de infraestrutura, ou incentivadas, e contam com isenção de parte dos impostos. Isso acontece diante da predominância de debêntures nesse tipo de atividade, ante outros mecanismos de captação de recursos.

Atualmente, o Ministério do Desenvolvimento Regional tem três projetos de mobilidade urbana em andamento, que já captaram R$ 611,5 milhões no mercado por meio de debêntures. O ministro Rogério Marinho comentou o assunto na página dele no Twitter.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
02 de Dezembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »