Esportes

Chelsea supera Manchester United e vai decidir Copa da Inglaterra

Jogo foi neste domingo (19) e terminou em 3 a 1

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação

A Copa da Inglaterra terá uma final entre dois times londrinos – e no mais tradicional estádio da capital britânica. Neste domingo (19), pelas semifinais do mais antigo torneio de clubes do mundo, o Chelsea derrotou o Manchester United por 3 a 1, no mesmo Wembley onde decidirá o título com o Arsenal no próximo dia 1º de agosto.

No sábado (18), os Gunners levaram a melhor sobre o Manchester City, por 2 a 0, também em Wembley, na outra semifinal. Todas as partidas têm sido realizadas com portões fechados, como medida contra a disseminação do novo coronavírus (covid-19). O mesmo ocorrerá na decisão, daqui a 13 dias.

Será a oportunidade de Frank Lampard, ídolo do Chelsea como jogador, conquistar o primeiro título no comando da equipe, cargo que assumiu há um ano. Atuando no meio-campo dos Blues, foi tricampeão da Premier League (Campeonato Inglês) e tetra da própria Copa da Inglaterra – ou seja, Lampard fez parte de metade dos títulos do time na história da competição.

Nos primeiros 45 minutos, o lance de mais impacto foi o choque de cabeça entre os zagueiros do United Eric Bailly e Harry Maguire, aos 42. Os dois tiveram sangramento na região atingida, mas, quem levou a pior foi Bailly, que precisou sair de campo usando uma máscara de oxigênio e de maca, sendo substituído pelo atacante Anthony Martial.

O incidente fez a primeira etapa ir até os 57 minutos, 12 minutos além do tempo regulamentar. Foi o que o Chelsea precisou para inaugurar o placar. Aos 55, após uma tabela de César Azpilicueta com o atacante brasileiro William, o lateral espanhol cruzou e o centroavante Olivier Giroud apareceu na pequena área, desviando para o gol.

A missão do United ficou mais complicada antes mesmo do cronômetro marcar o primeiro minuto da etapa final. Aproveitando-se de uma invertida de bola errada, o meia Mason Mount avançou em disparada e arriscou da entrada da área. O goleiro David de Gea falhou e o chute rasteiro, que foi na direção do espanhol, converteu-se no segundo gol dos Blues.

E coube a um defensor do United liquidar as chances do próprio time, ainda que sem querer. Aos 28 minutos, depois de um cruzamento do lateral Marcos Alonso, o zagueiro Antonio Rüdiger finalizou rasteiro e a bola desviou em Maguire – o mesmo do choque de cabeça no primeiro tempo – antes de parar nas redes, praticamente definindo a classificação do Chelsea.

Já aos 40, Martial foi derrubado pelo ponta Callum Hudson-Odoi, do Chelsea, dentro da área. O meia português Bruno Fernandes cobrou o pênalti e diminuiu o prejuízo do United, mas, insuficiente para mudar a história do confronto.

As informações são da Agência Brasil*

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »