Esportes

Eleição de 2017 da famosa ‘urna 7’ tem arquivamento da Justiça

Imbróglio jurídico foi bastante discutido durante vários anos no Vasco da Gama

Por Wellington Campos

A famosa Urna 7 das eleições de 2017 em São Januário – FOTO: imagens TV Globo

Você se lembra da famosa “Urna 7” que gerou tanta confusão nas eleições do Vasco da Gama em 2017?

Pois é, à Justiça determinou o arquivamento do processo por falta de objeto, após quatro anos de espera para saber se aqueles eleitores que apoiavam o então candidato Eurico Miranda tinham legitimidade naquele pleito. Com os seus votos contados a chapa de Eurico venceria a eleição e sem eles deu a chapa de Júlio Brant, depois derrotada no Conselho Deliberativo por Alexandre Campello que herdou os votos euriquistas.

Para o advogado Dr. Leonardo Rodrigues, nomeado pela Chapa de situação para defender a legitimidade da Urna 7, nas últimas eleições no Vasco da Gama basta uma Liminar da Justiça Comum para sentar na cadeira de presidente do clube e nela cumprir o tempo de mandato.

A última eleição que deu vitória a Jorge Salgado, diante de Leven Siano, é o retrato desta situação com várias ações e que vão se arrastando, na dúvida se podia não fazer a votação online como determinou a justiça.

Ouça:

Últimos vídeos do Vascão


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »