Política

Em entrevista, Lula revela desejo de fazer protesto na porta da TV Globo

O petista também defendeu a criação de uma lei de regulação das empresas de comunicação, ao qual frisou não se tratar de uma violação da liberdade de imprensa

Por Redação Tupi

O petista também defendeu a criação de uma lei de regulação das empresas de comunicação, ao qual frisou não se tratar de uma violação da liberdade de imprensa
(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) concedeu uma entrevista, de dentro da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, ao jornalista Bob Fernandes, publicada no YouTube e exibida pela TVE da Bahia, em que manifestou o desejo de protestar na porta da TV Globo. Lula acusou a emissora carioca de ter praticado perseguição contra ele ao longo de todos os anos de sua atividade política.

“Eu tenho que fazer um protesto, é uma coisa que eu queria fazer antes de ser preso, na porta da Rede Globo de Televisão. Preciso dizer umas boas para os Marinho (família proprietária da emissora) e para o Ali Kamel (diretor de jornalismo do canal). Tenho arquivado todas as horas que esses caras falaram mal de mim”, afirma Lula.

O petista ainda prossegue: “Só em 2018 foram duzentos Jornais Nacionais contra o Lula. Já passaram de quatrocentas horas demonizando o Lula e endeusando o Moro”. “Todo o ódio contra a Copa do Mundo(de 2014, no Brasil), todo o ódio de 2013 (ano de protestos contra o governo de Dilma Rousseff) e todo o ódio contra a política é incentivado e mastigado pela Globo”, comenta ainda.

Na entrevista, o ex-presidente ainda defendeu a criação de uma lei de regulação das empresas de comunicação, ao qual frisou não se tratar de uma violação da liberdade de imprensa. “Censura, quem diz, são os donos das empresas (de comunicação)”, concluiu Lula.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »