Política

Marcelo Crivella perde foro privilegiado e inquérito do “QG da Propina” vai para a primeira instância

Caso vai para a 1ª Vara Criminal Especializada de Combate ao Crime Organizado

Por Marcos Antonio de Jesus

(Antonio Cruz/Agência Brasil)

O inquérito sobre o “QG da Propina”, que culminou com a prisão do ex-prefeito Marcelo Crivella vai sair do 1º Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Rio e vai ser encaminhado à primeira instância. Por determinação da relatora, desembargadora Rosa Helena Macedo Guita, os autos vão ser redistribuídos na quarta-feira, dia 6 à 1ª Vara Criminal Especializada de Combate ao Crime Organizado.

A decisão se deve ao fato de que, ao deixar o cargo de prefeito, Crivella deixa de ter foro privilegiado. A denúncia do MPRJ, feita em 17 de dezembro, não encerrou as investigações sobre o esquema. Uma das linhas em andamento, razão pela qual foram feitos pedidos de quebra de sigilo de telefones e computadores do ex-prefeito, apura se o ex-prefeito teve acesso prévio ao inquérito sob sigilo, a tempo de esconder provas.

Outra investigação apura o atentado ao restaurante Tre Torri, alvo de 26 disparos no dia 6 de novembro. O estabelecimento pertenceu a um dos delatores do “QG da Propina” e foi usado para camuflar pagamentos.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »