Coronavírus

1.500 mortes foram evitadas após isolamento social em Niterói, aponta estudo da UFRJ

Cerca de 12 mil pessoas também evitaram ser contaminadas pelo covonavírus

Por Luiz Walcyr

(Foto: Douglas Macedo)

Cerca de 1.500 mortes foram evitadas por conta das medidas de prevenção do novo coronavírus adotadas pela Prefeitura de Niteróis, na Região Metropolitana do Rio.

De acordo com o executivo municipal, além das mortes, quase 12 mil pessoas também evitaram ser contaminadas pelo vírus.

A conclusão é de um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que analisou os casos e óbitos confirmados na cidade e as estimativas do avanço da doença entre 17 de março e 30 de maio.

Em nota, o prefeito Rodrigo Neves comemorou os números. “Niterói foi a primeira cidade da Região Metropolitana a registrar óbito por Covid-19. Apesar de sofrer perdas, estamos vencendo essa batalha pela vida”, ressaltou.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
08 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »