Rio

Ex-advogados de Viúva da Mega-Sena cobram mais de R$ 4 milhões em honorários

Dupla deu entrada na Justiça e Adriana Ferreira Almeida pode ter todos os bens penhorados

Foto: Reprodução

Adriana Ferreira Almeida, a Viúva da Mega-Sena, pode ter todos os bens penhorados. Tramita na 1ª Vara Cível de Bangu um processo de cobrança feito pelos dois advogados que representaram Adriana entre 2008 e março deste ano. A dupla entrou na Justiça para cobrar R$ 4,4 milhões em honorários da ex-cabeleireira, condenada a 20 anos de prisão pelo assassinato do marido, o ex-lavrador e milionário René Senna, morto em janeiro de 2007. Eles alegam que o valor foi determinado em um contrato assinado entre eles e Adriana seis meses após o crime.

De acordo com os advogados, o pagamento deveria ter sido feito em 2008, quando Adriana foi solta graças a um habeas corpus elaborado pelos dois e aceito pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Agora, eles pedem o arresto e penhora de todos os bens da ex-cabeleireira.

O processo teve início logo após Adriana ser condenada definitivamente pelo homicídio do marido, já que se esgotaram todos os recursos possíveis para ex-cabeleireira, que, no mês passado teve um pedido de habeas corpus negado pela 8ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio.

A defesa de Adriana pedia a diminuição da pena de 20 anos. O pedido foi negado por unanimidade.

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »