Jornalismo

Ex-deputado Silas Bento e o filho são presos em operação que investiga ‘rachadinhas’ na Alerj

Investigação aponta que o político implementou o esquema de rachadinha no próprio gabinete

Por Redação Tupi

Silas Bento (Foto: Divulgação / Alerj)

Silas Bento, ex-deputado estadual do Rio de Janeiro, e o filho dele, Vanderson Bento (PTB), foram presos, na manhã desta sexta-feira (23), durante uma operação do Ministério Público que investiga um esquema de “rachadinha” no gabinete do político na Alerj. As prisões foram feitas em Cabo Frio, na Região dos Lagos.

De acordo com as investigações, Silas embolsou a maior parte do salário de uma servidora por dois anos. Ele foi denunciado por organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e extorsão. Já o filho, candidato a vereador, vai responder pelos mesmos crimes, com exceção de lavagem de dinheiro.

Ainda segundo o Ministério Público, a funcionária de Silas, Taissa Saldanha Alves, admitiu ser fantasma. Ela não aparecia para trabalhar e era obrigada a devolver parte do salário. Ameaças também eram feitas na hora da arrecadação.

Entre os anos de 2017 e 2018, Taissa desviou, em benefício próprio e de Silas e Vanderson, cerca de R$ 250 mil, pagos pelos cofres da Assembleia Legislativa do Rio. A investigação apontou que 80% desse valor foi devolvido no esquema de rachadinha.

A Vara Criminal de Cabo Frio, determinou ainda que Taissa compareça mensalmente ao juízo para informar e justificar suas atividades, que não mantenha contato com Silas e Vanderson, e não se ausente da cidade por mais de 10 dias.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »