Rio

Justiça concede habeas corpus ao DJ Rennan da Penha

Vara de Execuções do Rio agora vai decidir sobre a soltura de um dos idealizadores do 'Baile da Gaiola'

Por Redação Tupi

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu, nesta quinta-feira, um habeas corpus em favor do DJ Rennan da Penha após pedido da defesa do funkeiro. O texto determina que a Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Rio decida sobre a soltura do DJ. Rennan foi condenado em segunda instância por associação ao tráfico de drogas. Ele é um dos principais idealizadores do Baile da Gaiola, no Complexo da Penha.

No início do mês, o Supremo Tribunal Federal mudou o entendimento sobre a prisão em segunda instância. Logo após a decisão, a defesa de Rennan deu entrada no pedido de soltura do DJ. Ele está preso desde abril no presídio Bangu 9, no Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio.

Neste processo, Rennan da Penha havia sido absolvido na primeira instância por falta de provas. De acordo com a Ordem dos Advogados do Brasil do Rio (OAB-RJ), a prisão do DJ seria uma tentativa de criminalizar o funk.

A curta trajetória de Rennan impactou tanto na comunidade onde ele tocava, mas principalmente no mundo do funk, com o estilo 150 BPM. O DJ também fez parcerias de peso ao longo da carreira. No mês passado, Rennan da Penha ganhou o Prêmio Multishow de Canção do Ano por “Hoje Eu Vou Parar na Gaiola” e o de Produtor do Ano, decidido previamente pela Academia Multishow. Rennan também foi indicado ao Grammy Latino com o videoclipe “Me Solta”, de Nego do Borel, do qual participou da produção.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Dezembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »