Rio

Justiça nega Habeas Corpus para jardineiro que teria sido preso injustamente

Segundo a família, Wilton Oliveira da Costa, foi confundido com o irmão, morto durante uma abordagem policial

Por Diana Rogers

(Foto: Reprodução)

O Tribunal de Justiça do Rio negou habeas corpus de Wilton Oliveira da Costa, que, segundo familiares teria sido preso injustamente.

Em argumento, a Justiça entendeu que a defesa técnica deverá aguardar o fórum abrir porque o processo é físico e não teria como analisar e manusear o mesmo de uma forma remota.

Wilton, que é jardineiro e universitário, foi detido dia 12 de maio acusado de participar de um roubo de motocicletas. Parentes acreditam que ele tenha sido confundido com o irmão, Willian Oliveira da Costa, que morreu numa abordagem policial, em fevereiro deste ano. Ele era traficante e se identificava como Wilton nas abordagens policiais.

A defesa de Wilton disse que vai entrar com um novo pedido de habeas corpus junto ao STJ, além de acionar a Corregedoria do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e solicitar ajuda ao Conselho Nacional de Justiça.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »