Rio

Prefeitura do Rio atende 25 mil famílias em vulnerabilidade social nos grandes complexos da cidade

Por meio do programa Territórios Sociais, as famílias mais vulneráveis são identificadas e incluídas nos serviços públicos essenciais

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio do programa Territórios Sociais, está atuando nos dez maiores complexos da cidade – Alemão, Chapadão, Maré, Pedreira, Lins, Penha, Jacarezinho, Rocinha, Cidade de Deus e Vila Kennedy – para identificar as famílias com os menores índices de desenvolvimento social, dar acesso aos serviços públicos essenciais e tirá-las da situação de extrema pobreza. Cerca de 25 mil famílias já entraram no protocolo de atendimento integrado do programa e serão monitoradas até que saiam da condição de vulnerabilidade.

O programa é coordenado por um comitê gestor com representantes da Secretaria da Casa Civil, do Instituto Pereira Passos (IPP) e das secretarias de Saúde, de Assistência Social e Direitos Humanos, de Educação, de Infraestrutura e Habitação, de Cultura e de Desenvolvimento, Emprego e Inovação, além de contar com o apoio da ONU-Habitat.

Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

Para Andrea Pulici, coordenadora de projetos especiais do Instituto Pereira Passos e integrante do comitê gestor do programa, o pilar principal de Territórios Sociais é a busca ativa com olhar multidimensional.

“O nosso trabalho é encontrar as famílias mais vulneráveis da cidade. É como se a Prefeitura pegasse uma lupa e buscasse as famílias pela mão, levando-as para o atendimento básico e essencial. Ou seja, uma vez identificada, essa família é acompanhada de maneira integrada pelas secretarias municipais”, conta a coordenadora do projeto.

O Programa Territórios Sociais se divide em três fases: busca ativa, plano de ação integrado e monitoramento. Em julho de 2019, teve início a busca ativa das famílias em vulnerabilidade social: os agentes de campo contratados pelo programa visitam todas as casas dos territórios, aplicando um questionário criado de acordo com o Índice de Pobreza Multidimensional (IPM) da ONU, que aponta as famílias que sofrem privações graves nas áreas de Saúde, Educação e Padrão de Vida. O IPM tem como objetivo fornecer um retrato amplo sobre as pessoas que vivem com dificuldades, para além da questão da renda.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
10 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
02:00 - Na Companhia Do Garcia
04:00 - Show do Mário Belisário
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »