Brasil

Bolsonaro entra na Justiça contra TV Globo e exige espaço no ‘Jornal Nacional’ para direito de resposta

No documento da ação, presidente afirma que o governo federal enviou uma notificação extrajudicial para emissora, que por sua vez não atendeu ao pedido

Por Redação Tupi

No documento da ação, presidente afirma que o governo federal enviou uma notificação extrajudicial para emissora, que por sua vez não atendeu ao pedido
(Foto: Montagem/Reprodução)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), entrou com uma ação no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), solicitando direito de resposta à TV Globo. O chefe do Executivo alega para o pedido um editorial levado ao ar na edição de 08 de agosto do “Jornal Nacional”, no qual a emissora criticou a postura de Bolsonaro diante da pandemia da Covid-19 e à marca dos 100 mil mortos pela doença no Brasil.

De acordo com o teor da ação, enviada à Justiça na última sexta-feira (28), a reportagem exibida no telejornal global sobre o dever do Estado para evitar doenças contém “indevidas ilações sobre uma suposta omissão deliberada por parte do governo federal”. As informações são da coluna Radar, da revista Veja.

No documento, Bolsonaro afirma que o governo federal enviou uma notificação extrajudicial para TV Globo, que por sua vez não concedeu o direito de resposta. A Advocacia-Geral da União (AGU) ainda encaminhou um texto para a emissora carioca, o qual deveria ser lido no “Jornal Nacional”, “a título de direito de resposta por parte da União”. Enquanto isso, a direção do canal se defendeu e declarou  que apenas divulgou o posicionamento editorial da empresa e disse que não “não houve imputação de fato inverídico”.

Antes de entrar na Justiça, Bolsonaro comentou o assunto em um vídeo nas redes sociais, mas não mencionou o “Jornal Nacional” nominalmente. “Vamos tentar a responsabilização e o esclarecimento da verdade no tocante a essa matéria, porque não dá para a gente não se defender disso. Uma acusação de genocida para cima de mim no horário nobre, ou que eu sou o responsável e que deveria cumprir a Constituição”,afirmou o presidente há duas semanas.

Na ocasião, o chefe de Estado ainda citou uma das perguntas feitas pelo âncora William Bonner durante o editorial. “Será que o presidente está cumprindo a Constituição?”, e continuou: “Com tudo o que nós fizemos? Quase R$ 700 bilhões (investidos), de uma forma ou outra, pra combater o vírus e evitar o desemprego”, disse Bolsonaro.


Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »