Conecte-se conosco

Destaques

Justiça nega pedido de liberdade para o ex-vereador Cristiano Girão

Decisão é provisória, e foi assinada pelo desembargador Cláudio Tavares de Oliveira Júnior

Publicado

em

Foto: Reprodução / Internet

A justiça negou o pedido de liberdade feito pela defesa do ex-vereador do Rio, Cristiano Girão, preso desde o mês passado por encomendar a morte do policial militar André Henrique da Silva e da esposa dele, Juliana Sales de Oliveira, em 2014. A decisão é provisória, e foi assinada pelo desembargador Cláudio Tavares de Oliveira Júnior.

De acordo com as investigações, Girão teria contratado Ronnie Lessa, um dos assassinos de Marielle Franco, para executar André e Juliana na região da Gardênia Azul, na Zona Oeste do Rio.

Na época, André e Girão disputavam o controle da milícia da Zona Oeste, já que o PM exercia liderança sob a milícia de Campo Grande. Cristiano Girão foi preso pela Polícia Civil em São Paulo, e cumpre pena por duplo homicídio.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *