Política

Bolsonaro manda e PSL sai da base do governo de Witzel

Decisão teria sido motivada por conta das críticas que Witzel fez ao governo Bolsonaro à veículos de comunicação

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação

O PSL, partido com maior bancada na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) decidiu que não será mais da base aliada do governo Witzel (PSC). A ordem seria do presidente Jair Bolsonaro e foi noticiada pelo jornal Extra. O comunicado oficial do partido foi feito nesta segunda-feira.

Todos dos 12 deputados estaduais devem entregar os cargos que mantêm no governo. Segundo a colunista Berenice Seabra, a decisão teria sido motivada por conta das críticas que Witzel fez ao governo Bolsonaro à veículos de comunicação.

No entanto, o presidente negou a informação por meio do Twitter: “Não determinei nada. Fakenews!”.

Agora, os parlamentares aguardam a orientação do presidente do partido no RJ, Flávio Bolsonaro, para saber o nível de oposição ao governo. O senador está na China.

Na nota oficial divulgada pelo partido, a decisão é atribuída ao filho de Bolsonaro.

Comentários
enquete

Os quatro maiores clubes do Rio se sairão melhor na segunda rodada do carioca?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
06 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »