Política

Bolsonaro manda e PSL sai da base do governo de Witzel

Decisão teria sido motivada por conta das críticas que Witzel fez ao governo Bolsonaro à veículos de comunicação

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação

O PSL, partido com maior bancada na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) decidiu que não será mais da base aliada do governo Witzel (PSC). A ordem seria do presidente Jair Bolsonaro e foi noticiada pelo jornal Extra. O comunicado oficial do partido foi feito nesta segunda-feira.

Todos dos 12 deputados estaduais devem entregar os cargos que mantêm no governo. Segundo a colunista Berenice Seabra, a decisão teria sido motivada por conta das críticas que Witzel fez ao governo Bolsonaro à veículos de comunicação.

No entanto, o presidente negou a informação por meio do Twitter: “Não determinei nada. Fakenews!”.

Agora, os parlamentares aguardam a orientação do presidente do partido no RJ, Flávio Bolsonaro, para saber o nível de oposição ao governo. O senador está na China.

Na nota oficial divulgada pelo partido, a decisão é atribuída ao filho de Bolsonaro.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »