Modal

MPF pede à Justiça intervenção federal na Estação Leopoldina por risco de desabamento

Órgão destaca perigo iminente de desabamento e incêndio na estação ferroviária

Por Luiz Walcyr

Estação Leopoldina (foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

O Ministério Público Federal pediu à Justiça do Rio de Janeiro que a União assuma, “de forma emergencial”, a Estação Leopoldina (Barão de Mauá), na Região Central do Rio. De acordo com o órgão, a estrutura histórica da antiga estação de trem corre o risco de incêndio e desabamento.

A intervenção emergencial pedida ao Tribunal Regional da 2ª Região (TRF2) incluiria ainda a Supervia e o Estado do Rio, sobretudo a Defesa Civil. O documento também pede a coordenação na colocação de escoras nas estruturas do edifício, além de inspecionar as instalações de energia, água e gás e da remoção e da preservação dos arquivos.

“O MPF entende omissos todos os entes públicos e particulares envolvidos, inclusive a Supervia, cujo papel no abandono e depredação tem de ser esclarecidos no no processo. Mais que se discutir quem fará isto ou aquilo, estamos diante de fatos desastrosos que merecem atenção imediata”, diz o recurso.

Entre os problemas listados do MPF estão:

  • Partes do prédio e do anexo cedendo;
  • Elementos estruturais foram retirados;
  • Não se conhece a situação das ligações de energia, gás e água;
  • Há um material ferroviário de grande valor nos arquivos e pátios, um rio não dragado e uma fábrica de estruturas paralisada com inúmeros focos de endemias não controladas;
  • Perigo de desabamento teria se agravado desde julho de 2017, quando a PF fez um laudo pericial que consta nos autos.
Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Baú da Tupi
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Heleno Rotay
22:00 - Giro Esportivo
04:00 - Domingo Show
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »